Ginecologia e Obstetrícia

 

Diretor do Serviço: Dr. Jorge Ribeiro | Enfermeira Chefe: Enf.ª Alcina Sousa  

Administradora da Área: Dra. Maria José Mira 

 

Unidade de Caldas da Rainha - Telefone: 262 830 300 | E-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Unidade de Torres Vedras - Telefone: 261 319 354 | E-mail:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Recursos Humanos

- Médicos Obstetras: 10

- Enfermeiros (total): 57

            Especialistas em Saúde Materna e Obstétrica: 20

            Especialistas em Saúde Infantil e Pediátrica: 4

            Enfermeiros Generalistas: 33

- Assistentes Técnicos Administrativos: 4

- Assistentes Operacionais: 24

- Médicos Pediatras

- Médicos Anestesistas

Quando necessário, o serviço pode recorrer a outros técnicos de saúde, nas mais diversas áreas, como Fisiatria, Medicina Interna, Psicologia, Nutrição, Serviço Social, etc. A assistência espiritual e religiosa está também disponível, a pedido dos utentes.

 

Missão
Conjugando o saber e o saber fazer, a nossa missão é assegurar a prestação de cuidados de saúde do foro obstétrico, ginecológico e neonatal à população da área de abrangência do CHOeste, através de uma gestão criteriosa dos recursos humanos e materiais colocados á nossa disposição.

 

Valores
A atividade assistencial assenta nos seguintes valores:
• Responsabilidade 
• Ética
• Competência técnico-científica
• Humanização e qualidade no atendimento
• Equidade no acesso
• Trabalho de equipa
• Centralidade no utente

 

Caraterização do Serviço

Os serviços de Ginecologia/Obstetrícia do CHOeste prestam cuidados de qualidade às utentes no âmbito da vigilância da gravidez, parto, cuidados perinatais, planeamento familiar, infertilidade, ginecologia geral, ginecologia urológica, menopausa e patologia cervical.

Serviço de Ginecologia dispõe de 13 camas destinadas a utentes do foro ginecológico, submetidas a tratamento médico ou cirúrgico; situado no Piso 2 da unidade de Caldas da Rainha.

Na mesma unidade de Caldas, no piso 3, situa-se o Serviço de Obstetrícia, dispondo de uma área destinada à Urgência de Obstetrícia e Ginecologia, Unidade de Internamento de Curta Duração, Bloco de Partos, Unidade de Cuidados Especiais Neonatais (UCEN) e 27 camas para internamento de grávidas e puérperas.

 quarto internamento nova ala ginecologia

Bloco de Partos 
Contíguo ao S. Urgência de Obstetrícia, destina-se principalmente à prestação de cuidados à mulher em trabalho de parto e puerpério imediato (período imediato ao parto, em regra 2 horas), bem assim como ao filho recém-nascido.

 BlocoPartos

 

Participação do pai no trabalho de parto
O clima emocional do parto é influenciado positivamente pela participação do pai. A maternidade permite o acompanhamento, durante as 24 horas. O pai (ou pessoa significativa) desempenha um papel muito importante, no entanto deverá respeitar as orientações fornecidas pela equipa de saúde. Deve evitar sucessivas entradas e saídas do Bloco de Partos; sempre que necessite de o fazer, deve solicitar autorização. Não deve deambular pelo serviço, de forma a garantir a privacidade de todas as parturientes. Se necessitar de contactar a equipa, deve tocar à campainha e aguardar o atendimento.


Internamento
Após o nascimento, a mãe e o bebé permanecem no bloco de partos, durante 2 horas, após as quais, serão transferidos para a unidade de internamento (situada no mesmo piso), dando continuidade ao plano de cuidados à mãe e ao bebé.

Internamento 

Visita Médica e Assistência de Enfermagem
Todos os dias será observada pelo obstetra, e o seu bebé pelo pediatra. Durante as 24 horas haverá um enfermeiro(a) que estará junto de si e será o responsável pela prestação de cuidados de enfermagem a si e ao seu bebé. Solicite a sua ajuda sempre que necessário.

 

UCEN – Unidade de Cuidados Especiais Neonatais 
A UCEN destina-se ao internamento de bebés (desde o nascimento até aos 28 dias de vida) que necessitem de tratamento ou vigilância particular. Está tecnologicamente dotada do equipamento adequado, para fazer face a uma grande diversidade de situações patológicas, emergentes ou não. Ã‰ permitida a presença dos pais, durante o período de internamento, não sendo autorizadas outras visitas.

 UCEN

Serviço BabyCare

Desde o dia 01 de junho de 2107, que está em funcionamento no Centro Hospitalar do Oeste o serviço BabyCare, apoiado pela Fundação PT, que permite aos pais dos bebés internados na Unidade de Neonatologia acompanharem os seus filhos 24 horas por dia, a partir de um computador ligado à Internet.

Nesta unidade hospitalar, existem atualmente oito câmaras de vídeo ligadas a um servidor de IP, junto das incubadoras e berços que permite aos pais acederem mediante uma senha atribuída pelo hospital, à incubadora onde se encontra o bebé.

Manual de utilização do serviço BabyCare no CHOeste

 

O que trazer para a maternidade

No dia do Internamento deve trazer:
•Cartão de Cidadão; e Cartão de Beneficiário do Sistema Nacional de Saúde;
•Informação médica, nomeadamente o Boletim de Saúde da Grávida, carta do médico assistente e exames complementares de diagnostico (análises e ecografias);
•A primeira roupa e uma manta para o bebé, uns chinelos para a mãe.

No Internamento irá necessitar de:
Para a mãe: Camisas de dormir ou pijamas, 1 roupão, soutien de amamentação, 1 cinta pós-parto, produtos de higiene pessoal e chinelos de quarto e de banho.
Para o bebé: Fraldas descartáveis e roupa.

 

Visitas/Horários

  • Visita Geral: das 15h00 às 17h00 - entrada de 3 pessoas de cada vez, podendo substituir-se, sem limitação do número.
  • Visita Especial: das 19h00 às 20h00 - destina-se exclusivamente ao pai e filhos.
  • Acompanhante: das 17h30 às 19h00.

Os seus familiares poderão obter informações através do número de telefone 262 830 300 (extensão 335) ou contactá-la diretamente (extensão 404).

 

Consultas Externas
As consultas externas, funcionam na unidade de Caldas da Rainha e Unidade de Saúde da Mulher em Torres Vedras, nas áreas:

Consultas de Obstetrícia 
• Gravidez de risco
• Gravidez e diabetes
• Gravidez na adolescência
• Gravidez e Hipertensão
• Vigilância de gravidez> 36 semanas


Consultas de Ginecologia
• Ginecologia geral
• Patologia cervical
• Medicina da reprodução
• Planeamento familiar
• Ginecologia urológica
• Histeroscopia

 ConsultaExterna

 

Acesso

O acesso ao serviço faz-se através da referenciação do médico de família e do serviço de urgência. 

 


Atividades / Projetos em execução no serviço

Visita guiada (dirigida aos futuros pais)

A Equipa de Saúde incentiva os futuros pais a visitarem o Serviço, antes do nascimento do bebé. É uma oportunidade de conhecer circuitos, normas e procedimentos e esclarecer dúvidas. As visitas guiadas efetuam-se todas as sextas-feiras pelas 14 horas, sendo necessário a inscrição prévia. Para tal deverá contactar o Secretariado do Serviço de Obstetrícia através de:
Telefone: 262 830 300 (ext. 405) - dias úteis, das 9h às 17h. 
E-mail:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.


Nascer Cidadão - Registo da criança na Conservatória do Registo Civil

O projecto «Nascer Cidadão», consiste no registo (de nascimento) do bebé, no serviço de obstetrícia.  O gabinete funciona de segunda a sexta das 14h às 17h e aos sábados das 10h às 13h. Insere-se numa iniciativa de desburocratização, que visa aproximar os registos e notariado do cidadão, simplificando procedimentos. Com a implementação deste projeto, os registos de nascimento são lavrados nas maternidades e hospitais, por funcionários do registo civil, sendo estes postos de atendimento, extensões das conservatórias. Facilita-se deste modo a vida do cidadão, que não terá de se deslocar à Conservatória do Registo Civil, para dar a conhecer à administração o nascimento dos seus filhos.

P1100423 

 

Nascer Utente - Inscrição da criança no Serviço Nacional de Saúde

Após o registo do Recém-Nascido no balcão do Nascer Cidadão, o Pai/Mãe apresenta o assento de Nascimento do filho, após o qual, as Secretárias Clínicas procederão ao registo dos dados do bebé no módulo NASCER UTENTE –WebRNU. Permite atribuir número de SNS aos recém-nascidos, inscrição no mesmo processo e médico de família, no Centro de Saúde/Unidade de Saúde onde a mãe se encontra inscrita, antes da saída da maternidade.

 nascer utente

 

RANU – Rastreio Auditivo Neonatal Universal

O rastreio auditivo neonatal tem como objetivo a deteção precoce de défices auditivos, de modo a permitir um diagnóstico e intervenção atempados que possibilitem reduzir ou eliminar as consequências possíveis desses défices. A incidência de perda auditiva bilateral (estimada em 0,1 a 0,3% e em 2 a 4% dos recém-nascidos saudáveis e de risco, respetivamente), o impacto da audição no desenvolvimento da criança, nomeadamente na aquisição da linguagem e no desenvolvimento cognitivo e emocional, e ainda o facto de uma intervenção precoce ter um papel determinante no prognóstico, justificam a realização do rastreio auditivo neonatal.
O rastreio auditivo neonatal deve ser feito em todos os recém-nascidos antes da saída da maternidade ou, no máximo, até aos 30 dias de vida. Desta forma será possível completar o diagnóstico antes dos 3 meses de idade e iniciar a intervenção necessária até aos 6 meses de idade. O rastreio auditivo neonatal é feito através do método das otoemissões acústicas (OEA). É simples de realizar, rápido e não doloroso. No momento da realização deste teste, ser-lhe-ão dados esclarecimentos complementares.

 RANU

Vacinação

O calendário vacinal do bebé inicia-se, por norma, na maternidade, antes da alta do bebé. Inclui a vacina anti-hepatite B e a identificação de crianças elegíveis para vacina da tuberculose se pertencentes a grupo de risco. Embora altamente recomendadas por todas as entidades de saúde, não são legalmente obrigatórias, pelo que será solicitada autorização à mãe para vacinar o bebé.

 Vacinacao

 

Rastreio cardiopatia congénita grave

É um procedimento muito simples, indolor e nada incomodativo para o bebé, que consiste na avaliação da saturação de oxigénio por via transcutânea e que permite identificar as situações que deverão ser alvo de uma investigação mais completa (cardiopatias graves).

 

Preparação para o Parto e Parentalidade

As sessões de preparação para o nascimento têm como objectivo desenvolver e criar competências que tornem os pais mais seguros, autónomos e confiantes, para ultrapassar alguns desconfortos, medos e receios que poderão surgir ao longo da gravidez, parto e puerpério. É uma oportunidade para adquirirem conhecimentos, aumentar a auto-estima, esclarecer questões e interagir com outros pais que estão a viver experiências semelhantes.

Podem participar as grávidas a partir das 28 semanas seguidas nas consultas de Obstetrícia do CHOeste, na Unidade de Caldas da Rainha e Unidade de Saúde da Mulher em Torres Vedras e grávidas que decidam ter o filho na maternidade de Caldas da Rainha.

As inscrições deverão ser efectuadas a partir das 20 semanas, através do preenchimento de ficha e entregue nos secretariados ou por correio electrónico para  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  presencialmente ou via telefone (262830300–ext. 2405; 261319354) nos secretariados da Maternidade em Caldas da Rainha ou da Unidade de Saúde da Mulher em Torres Vedras.

 P1100380

Aleitamento Materno-Consulta Pós-Natal

A decisão de amamentar é da inteira e soberana vontade da mãe; o sucesso do aleitamento materno depende dela, do recém-nascido e da intervenção segura e efectiva dos enfermeiros no acompanhamento e apoio à prática da amamentação. O local de excelência para a concretização deste grande objetivo é a maternidade. Mais de 90% dos recém-nascidos saem das maternidades a mamar e ao fim de alguns dias menos de metade o fazem, parece-nos fundamental agir em tempo útil. No momento da alta será marcada Consulta Pós-Natal, a realizar pelos enfermeiros e pediatras da maternidade, que presta apoio efectivo às dúvidas e dificuldades práticas da amamentação.

 

Linha telefónica de apoio- 926 629 357

As mães podem receber conselhos, esclarecer dúvidas e partilhar receios de forma a apoiar e promover o aleitamento materno após a alta hospitalar. Uma mãe bem informada e confiante e um recém-nascido a mamar bem, são o melhor contributo para o sucesso do aleitamento.