CHOeste assinou protocolo com o INEM para renovação da frota de VMER

  • Imprimir

07.06.2017

O Centro Hospitalar do Oeste, representado pela Senhora Presidente do Conselho de Admnistração, assinou em 6 de junho, um protocolo com o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) tendo em vista a renovação da sua frota de Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER), uma sediada na Unidade de Caldas da Rainha e a outra na Unidade de Torres Vedras. 

ZQTProtocoloVMER Hospitais06Jun17 014-copia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A cerimónia de assinatura dos protocolos, entre o INEM e as unidades de saúde, para gestão e operação conjunta das VMER, decorreu no Auditório do INFARMED – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, em Lisboa. A sessão foi presidida pelo Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes.

 

Em novembro de 2016, o INEM procedeu à substituição de 20 VMER em todo o país, comprometendo-se a renovar as restantes 24 viaturas, processo que se pretende concluir até final de 2017.


O Despacho n.º 3350/2017, de 20 de abril, veio definir um novo modelo de aquisição e gestão da frota VMER para responder à necessidade de aquisição e substituição célere destes veículos, assegurando assim maior qualidade nos serviços prestados aos utentes, maior segurança dos profissionais e dos utilizadores da via pública e uma melhor gestão do parque VMER do INEM.


De acordo com este novo modelo, passam a ser as unidades de saúde a efetuar diretamente a aquisição das viaturas. O INEM subsidia a compra e coordena toda a atividade de gestão e operação conjunta da VMER e os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde asseguram a tramitação dos procedimentos de aquisição, centralizando o processo em nome dos hospitais.


A propriedade das VMER passa a ser dos hospitais, que devem assegurar a sua manutenção, incluindo a contratação de seguros e o estado de operacionalidade permanente.


A rede de VMER do INEM encontra-se atualmente estabilizada e implementada em todo o território continental, com 44 viaturas em funcionamento, 14 no norte do país, 10 no centro e 20 no sul, 17 das quais na região de Lisboa e Vale do Tejo e Alentejo e 3 na região do Algarve.


As VMER são veículos de intervenção pré-hospitalar destinados ao transporte rápido de uma equipa médica ao local onde se encontra o doente. O seu principal objetivo consiste na estabilização pré-hospitalar e no acompanhamento médico durante o transporte de vítimas de acidente ou doença súbita em situações de emergência, assumindo um papel indispensável no apoio às populações. As VMER atuam na dependência direta dos Centros de Orientação de Doentes Urgentes do INEM e têm base hospitalar.